A Dejem (Diária Especial por Jornada Extraordinária de Trabalho Policial Militar) teve início na última quinta-feira 02/01. São 445 vagas diárias para, em princípio, 47 estações das sete linhas da CPTM. O valor estimado é de R$ 68,4 milhões, considerando o período de vigência de dois anos, prorrogáveis até o limite de cinco anos, arcado pela Companhia.

“O convênio é uma estratégia eficaz para mitigação de ocorrências criminais praticadas dentro do sistema ferroviário, garantindo a segurança dos quase 3 milhões de passageiros diários da CPTM e dos nossos colaboradores que atuam diariamente nas estações”, conclui o presidente da CPTM, Pedro Moro.

Por mês, são 13.350 policiais militares que atuarão na prevenção e repressão imediata dos crimes ocorridos no interior do sistema ferroviário, incluindo plataformas e trens. A fiscalização do comércio irregular continua sendo tarefa da equipe de segurança da CPTM, que poderá solicitar a presença da PM em caso de confronto para garantir a segurança dos envolvidos e dos passageiros.

Confira a lista das estações das linhas 8 e 9 que devem receber os policiais:  
Linha 8-Diamante: Estação Comandante Sampaio, Estação General Miguel Costa e Estação Carapicuíba, Estação Engenheiro Cardoso, Estação Sagrado Coração, Estação Itapevi, Estação Júlio Prestes e Estação Lapa

Linha 9-Esmeralda Estação Santo Amaro, Estação Socorro, Estação Jurubatuba, Estação Autódromo, Estação Grajaú, Estação Pinheiros e Estação Hebraica-Rebouças

Comentarios

Comentarios