Um homem foi condenado nesta terça (28) a sete anos de prisão por tentativa de feminicídio e porte ilegal de arma de fogo. Em agosto de 2019, Lisandro Rafael Posselt, 28 anos, atirou sete vezes contra a namorada, Micheli Schlosser, 25 anos, acertando cinco disparos. Durante o júri, nesta terça (28), Micheli surpreendeu a todos os presentes e pediu para dar um beijo em Lisandro.

Micheli disse que perdoava o homem por ter tentado matá-la. Segundo o próprio advogado de acusação, a mulher disse por diversas vezes que era culpada pelo descontrole emocional de Lisandro.

O advogado de defesa, Jean Severo, comemorou a ação da mulher. “Se a vítima tem essa atitude, ela que é a principal interessada, isso certamente facilitou a nossa argumentação”, afirmou. Severo considerou a pena adequada e não vai recorrer da decisão.

O crime

A tentativa de feminicídio aconteceu em Venâncio Aires-RS. Segundo investigações, no dia 14 de agosto, Lisandro e Micheli discutiram em uma praça da cidade gaúcha onde moram. O homem saiu do local e voltou de motocicleta, armado.

Os amigos do casal viram toda a ação. Quando notaram que Lisandro estava armado, eles empurraram Micheli para dentro de um carro. Mesmo assim, o homem efetuou sete disparos, acertando cinco na vítima. Ela chegou a ser internada em hospital da região, mas se recuperou dos ferimentos.

Condenado a sete anos de prisão (cinco pela tentativa de feminicídio + dois pelo porte ilegal de arma), Lisandro responderá em liberdade.

Via: https://jornaldebrasilia.com.br/nahorah/mulher-que-levou-cinco-tiros-do-namorado-pede-para-beija-lo-em-juri/

Comentarios

Comentarios