Na noite do último domingo (15), agentes da Guarda Municipal foram chamados para atender uma ocorrência na rua das Coleirinhas, no Ariston, devido ao som alto de uma residência. Uma seguidora procurou a CNC para denunciar a forma como os guardas municipais agiram no caso.

O vídeo mostra que os ânimos, não só dos guardas, mas também dos moradores da residência estavam bastante alterados, o que gerou uma tremenda confusão. Um dos GCMs aparece dando golpe tipo mata-leão num homem e o jogando no chão. Enquanto isso, outro guarda bate com o cassetete num outro indivíduo e quebra o celular de uma mulher que gravava a ocorrência, após jogar o aparelho no chão e pisar em cima.

Respeitando o que manda o jornalismo, procuramos a Prefeitura de Carapicuíba para saber se tinha conhecimento do caso e se alguma medida será adotada. Por meio de nota, a administração municipal disse que não compactua com qualquer desvio de conduta de seus servidores e que será aberto um processo disciplinar para apurar as responsabilidades e eventual punição aos guardas.

Confira o vídeo

Confira abaixo a nota na integra:

A Prefeitura de Carapicuíba ressalta que não compactua com qualquer desvio de conduta de seus servidores. O fato ocorrido no dia 15/12 foi um caso incomum e será devidamente apurado. É importante destacar que a Guarda Civil Municipal tem atuado com seriedade e respeito para manter a paz e a ordem pública na cidade. Somente em 2019 foram 1.172 ocorrências sem incidentes negativos.

A Secretaria de Segurança Pública e Controle Urbano determinou a imediata instauração de processo disciplinar, para apuração das responsabilidades e eventual punição aos guardas envolvidos nesta operação do último domingo.

A Prefeitura informa que o munícipe pode realizar denúncias para a Ouvidoria Geral pelo telefone 4164-2971 ou e-mail [email protected] e, também, para a Secretaria de Segurança nos seguintes contatos: 4164-5443 e [email protected]

Comentarios

Comentarios