João Doria (PSDB), governador de São Paulo, disse na ultima sexta-feira, 17, em entrevista a CNN, que há possibilidade de a vacina do Instituto Butantan em parceria com o laboratório chinês Sinovac ser aprovada pela Anvisa até novembro deste ano.

O Imunizante contra a Covid-19 está na terceira e última fase de testes, que começam a ser realizados na próxima semana em 9 mil voluntários. Apenas médicos e paramédicos da linha de frente do combate ao coronavírus irão participar dos ensaios clínicos nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Paraná, além do Distrito Federal.

Segundo o governador, os testes vão durar 3 meses. “Se os resultados forem bons, sem efeitos colaterais, e sem nenhum percalço, a vacina provavelmente, no início de novembro, estará aprovada pela Anvisa e já poderá ser produzida pelo Instituto Butantan em volumes para imunização da população brasileira”, Afirma Doria.

João Doria também comentou que o Brasil está à frente na corrida pela vacina contra o vírus letal do coronavírus, já que duas delas estão em testes no país.

Além do imunizante do Butantan, há também a vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford, no Reino Unido, em parceria com o laboratório AstraZeneca.

Comentarios

Comentarios