Uma das linhas que transporta mais passageiros em Carapicuíba é a 260-Cotia km 30 – Alphaville, da empresa ETT Carapicuíba, intermunicipal da EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos).

O problema é a constante demora nos coletivos, que vem causando reclamações diárias contra a empresa, é um intervalo de 45 minutos de um coletivo para o outro.Ligamos para a ETT para a empresa tentar explicar a demora dos coletivos, que outrora eram rápidos e conseguiam arcar com a demanda.

A resposta da empresa é que pelo fato da linha ser gerenciada pela EMTU, depende dela e do governo do estado o aval para autorizar a liberação de mais carros para as linhas.O problema é a demora nessa resposta da EMTU que não chega.

É bom lembrar que muitas linhas intermunicipais por causa da pandemia (covid-19), tiveram sua frota reduzida e algumas foram tiradas de circulação.Se a ideia da EMTU e do governo estadual era evitar aglomerações nos coletivos e até o risco de contaminação, dessa forma, o caminho é totalmente contrário ao que se pede.

Procuramos a EMTU, quem nem sequer nos respondeu. E uma grande pergunta que certamente os usuários do transporte público, não só dá linha 260 mas de todas no geral, até quando o povo vai passar por isso? Segundo um cobrador, que não quiz se identificar da linha 260, tinha 18 carros na linha, hoje opera com apenas 4 e um a mais no horário de pico.

Além dos coletivos tem as lotações (RTO – Reserva Técnica Operacional), mas que muitas vezes não tem dia nem horário certo para transitar.

Imagem – Reprodução