O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS ) está alertando seus segurados de um novo golpe na praça. Os aposentados e pensionistas estão recebendo ligações de pessoas que se dizem ser da central 135 e que numa conversa começa a solicitar dados pessoais da vítima, como por exemplo, o número do benefício.

Na maioria dos casos, os criminosos dizem ser do CNP, órgão vinculado à Secretaria de Previdência. Sob a falsa alegação de que o cidadão teria direito a receber valores atrasados de benefícios pagos pela Previdência Social, eles solicitam o depósito de determinada quantia em uma conta bancária, afirmando que essa “taxa” seria necessária para a liberação de um suposto pagamento que, na verdade, não existe.

Dados pessoais

A Secretaria de Previdência reforça que não solicita dados pessoais dos seus segurados por e-mail ou telefone e tampouco faz qualquer tipo de cobrança para prestar atendimento ou para realizar seus serviços.

A recomendação aos segurados é de que não recorram a intermediários para entrar em contato com a Previdência Social e, em hipótese alguma, depositem qualquer quantia para ter direito a algum benefício.

O Instituto Nacional do Seguro Social também informa:

“Caso receba uma ligação solicitando dados pessoais e informação do benefício, o cidadão deve encerrar imediatamente a ligação e entrar em contato com a Central do INSS pelo telefone 135.”

Veja também

Com dados de Jornal Contábil

Comentarios

Comentarios