Em mais uma medida para melhorar o atendimento de saúde, a Prefeitura de Carapicuíba vai ampliar o horário das unidades básicas. A partir de segunda-feira, 18, o funcionamento passa a ser das 7 às 19 horas.

O novo horário vale para todas as unidades básicas (UBS) e de saúde família (USF) do município. Outra ação importante é a implantação da classificação de risco para o agendamento de consultas.

Para reduzir o tempo de espera por consultas, ocasionado pela pandemia do coronavírus, a Secretaria de Saúde implanta a classificação de risco em todas as unidades básicas, a partir do dia 18 de janeiro. O paciente que deseja realizar agendamento passará por triagem com enfermeiro e, conforme avaliação do especialista, ele poderá ser priorizado.

“No nosso primeiro mandato, entregamos 20 unidades de saúde, entre novas e totalmente revitalizadas. Agora, a prioridade é melhorar o atendimento para a nossa população. Por isso, é importante a ampliação do horário e a implantação da classificação de risco, para que as pessoas que mais precisam de atendimento médico sejam priorizadas na hora do agendamento”, afirma o prefeito Marcos Neves.

  • Ministro da Economia pede que Pacheco paute votação da reforma do IR
    O ministro da Economia Paulo Guedes pediu hoje (27) que o presidente do Senado Rodrigo Pacheco paute a votação da reforma do Imposto de Renda para garantir tranquilidade na criação do Auxílio Brasil, programa que pretende substituir o Bolsa Família. Guedes reuniu-se nesta tarde com o relator da proposta no […]
  • Horóscopo do Dia | Portal Carapicuíba HORÓSCOPO DO DIA 28/09/2021
    Mapa Astral, Cabala e numerologia, um estudo com uma média de 40 páginas, junto uma consulta de duas horas. Ligue e peça informações através do telefone (41) 3233-9138 ou pelo whatsapp: (41) 99741-1419 – Programa Bom Dia Astral de segunda a sexta-feira na rádio Cultura AM 930 das 07h às […]
  • Senadores derrubam veto à suspensão de prova de vida do INSS
    Os senadores derrubaram nesta segunda-feira (27), em sessão do Congresso Nacional, por 54 votos a 8, o veto do presidente Jair Bolsonaro ao projeto que suspende, até o fim deste ano, a exigência da prova de vida para aposentados e pensionistas beneficiários do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Os […]