Em mais uma medida para melhorar o atendimento de saúde, a Prefeitura de Carapicuíba vai ampliar o horário das unidades básicas. A partir de segunda-feira, 18, o funcionamento passa a ser das 7 às 19 horas.

O novo horário vale para todas as unidades básicas (UBS) e de saúde família (USF) do município. Outra ação importante é a implantação da classificação de risco para o agendamento de consultas.

Para reduzir o tempo de espera por consultas, ocasionado pela pandemia do coronavírus, a Secretaria de Saúde implanta a classificação de risco em todas as unidades básicas, a partir do dia 18 de janeiro. O paciente que deseja realizar agendamento passará por triagem com enfermeiro e, conforme avaliação do especialista, ele poderá ser priorizado.

“No nosso primeiro mandato, entregamos 20 unidades de saúde, entre novas e totalmente revitalizadas. Agora, a prioridade é melhorar o atendimento para a nossa população. Por isso, é importante a ampliação do horário e a implantação da classificação de risco, para que as pessoas que mais precisam de atendimento médico sejam priorizadas na hora do agendamento”, afirma o prefeito Marcos Neves.

  • Horóscopo do Dia | HORÓSCOPO DO DIA 24/01/2021
    Aqueles que nascem sob o signo de Aquário, apesar de sua natureza retraída e pouco afeiçoada à agitação da vida social, terão muitos amigos. Possuindo estranha e fascinante personalidade, atrairá sempre a atenção e o interesse das pessoas com que lidarem terão amigos e proteção providenciais no mundo político ou […]
  • Perseguição deixa 9 pessoas feridas e uma criança morta em Carapicuíba
    Na tarde deste sábado (23), Uma perseguição policial acabou em atropelamento na cidade de Carapicuíba. De acordo com informações da PM, uma criança morreu e outras quatro pessoas ficaram feridas. Um suspeito foi detido e outro fugiu. O caso ocorreu em frente a um shopping Plaza Carapicuíba na Estrada Ernestina […]
  • Carapicuíba tem mais de 83% dos leitos ocupados
    A Secretaria de Desenvolvimento Regional vem acompanhando diariamente a evolução da pandemia no estado de SP e, em parceria com o Centro de Contingenciamento do Coronavírus, identificou 58 municípios paulistas que apresentaram, na média móvel dos últimos sete dias, capacidade hospitalar acima de 80% de ocupação para pacientes graves, entre […]