A Câmara concluiu na noite desta quarta-feira (14) o projeto de lei que proíbe o despejo ou a desocupação de imóveis até o fim de 2021. Os parlamentares aprovaram, por 313 votos a 131, uma emenda do Senado que exclui os imóveis rurais da proibição.  O texto segue para sanção presidencial.

O projeto de lei suspende os atos praticados desde 20 de março de 2020, exceto aqueles já concluídos. No caso de ocupações, a regra vale para aquelas ocorridas antes de 31 de março de 2021 e não vale para as ações concluídas na data de publicação da futura lei.

Segundo o projeto, as medidas como ordens de despejo ou liminares proferidas antes do período de calamidade pública decretado no ano passado não poderão ser efetivadas até 31 de dezembro de 2021.

As audiências de mediação entre as partes, com a participação do Ministério Público e da Defensoria Pública, nos processos de despejo, remoção forçada e reintegração de posse só poderão ser realizadas pelo Judiciário após o fim destes prazos.

* Com informações da Agência Câmara

Agência Brasil
  • Horóscopo do Dia | Portal Carapicuíba HORÓSCOPO DO DIA 23/10/2021
    Mapa Astral, Cabala e numerologia, um estudo com uma média de 40 páginas, junto uma consulta de duas horas. Ligue e peça informações através do telefone (41) 3233-9138 ou pelo whatsapp: (41) 99741-1419 – Programa Bom Dia Astral de segunda a sexta-feira na rádio Cultura AM 930 das 07h às 08h. www.cultura930.com.br – live facebook […]
  • Presidente diz que valor de auxílio foi decidido com responsabilidade
    Em pronunciamento ao lado do ministro da Economia Paulo Guedes, o presidente Jair Bolsonaro argumentou que o agravamento da inflação, em decorrência da pandemia, piorou a condição de vida das pessoas mais pobres e, por isso, o governo decidiu aumentar o valor do programa Auxílio Brasil, sucessor do Bolsa Família. “Agravou-se a questão da inflação […]
  • Governo de SP inaugura Delegacia de Defesa da Mulher 24 horas em Barueri
    O Governador João Doria realizou, na manhã desta sexta-feira (22), a inauguração do atendimento 24 horas da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Barueri. Além da ampliação do horário, a unidade passou por uma revitalização que permitiu a modernização e o aperfeiçoamento das ações de acolhimento e atendimento das vítimas de violência da região. […]