Na última terça (30), familiares de alunos do Centro de Atendimento Léa Rosenberg, entraram em contato informando que a instituição não teve seu contrato com a prefeitura renovado.

Em um vídeo, a diretora informa que o centro perdeu o chamamento para Sociedade Amiga Esportiva do Jardim Copacabana (SAEC). No vídeo ela também diz que o Centro precisa de uma ajuda do governo, para não fechar as portas. Ainda no vídeo, é dito que “o Lea Rosenberg não pode fechar por interesse político”.

Yune Souza nos contou que tem um filho especial. “Depois de uma longa trajetória em escolas particulares, só consegui alívio quando coloquei meu filho para ser assistido no Léa Rosenberg, onde ele recebeu carinho e atenção dos funcionários” disse Yune.

“Não peço que cancele o contrato , mas peço que da mesma forma que contemplaram o outro centro, fechem convênio com o Léa Rosenberg”- complementou.

De acordo com a prefeitura, houve chamamento público, contudo o Lea Rosenberg não cumpriu todos os critérios técnicos estabelecidos.

Confira a nota enviada pela prefeitura:

“A Prefeitura de Carapicuíba informa que houve chamamento público da Secretaria de Assistência Social e a instituição citada não foi vencedora por não cumprir todos os critérios técnicos estabelecidos.

É importante ressaltar que a entidade pode entrar com recurso e a Secretaria de Assistência Social está à disposição para mais esclarecimentos”.

Comentarios

Comentarios