Foram 379 votos favoráveis e 131 contrários no 1º turno da votação ao texto-base da reforma da Previdência.

O Presidente Bolsonaro assistiu a votação pela televisão, de acordo com o porta-voz do governo, Otávio Rêgo Barros e celebrou nas redes sociais a vitória.

Segundo o regimento da Casa, é preciso um intervalo de cinco sessões do plenário entre o primeiro e o segundo turno de votação, mas a previsão é que haja votação para quebra deste espaço de tempo.

A Reforma da Previdência também precisa ser aprovada por dois terços do senadores, após passar pela Câmara. Provavelmente irá acontecer após o recesso parlamentar que acontece entre 18 de julho e 01 de agosto.

Após isso, só então seguiria para sanção presidencial e se tornaria lei.

Reforma é aprovada no 1º turno

Comentarios

Comentarios