O projeto social Raquetes Para a Vida levou 5 crianças da Escola Municipal Aurélio Gianini Texeira, do bairro Cururuaquara em Santana de Paranaíba, para o maior torneio de tênis da América do Sul, o Rio Open, na cidade do Rio de Janeiro.

Na segunda feira, 18/2, as cinco crianças, acompanhadas de seus responsáveis, da diretora da escola e três professores de tênis, foram recebidos pela equipe de comunicação do projeto no trem que sobe ao Cristo Redentor. Os atletas do futuro ficaram impressionados com a magnitude de umas das 7 maravilhas dos mundo moderno. Depois tiveram o prazer de fazer o passeio de bonde do Pão de açúcar e no caminho ao evento final passaram pelo Sambódromo e viram onde é realizada a maior festa do planeta, o carnaval carioca.

Após o tour feito pela cidade maravilhosa, chegou a hora de assistir e conhecer os melhores tenistas do mundo. Foi uma festa o encontro com o tenista brasileiro Felipe Alves que recebeu as crianças de braços abertos. Depois dessa recepção calorosa acompanharam o treino do austríaco Dominic Thiem, atual número 4 do Ranking Mundial Austrália Open, que abriu sorrisos para os pequenos em várias vezes que gritavam seu nome.

Pra fechar o dia, assistiram o primeiro set do jogo entre o brasileiro Thiago Wilde e o espanhol Fokina, na quadra principal, que leva o nome do maior tenista brasileiro de todos os tempos, Guga Kurten.

Para o idealizador do projeto Raquetes Para a Vida, Adriany Carvalho, essa experiência faz/fez uma diferença transformadora na vida dessas crianças.

O Projeto conta com o patrocínio da Diase Construtora, Trumpf, On Line Sac, Head Confecção e apoio da Secretaria Municipal de Ensino da Prefeitura de Santana de Parnaíba.

Comentarios

Comentarios