A partir de amanhã (03/08) o parque Gabriel Chucre em Carapicuíba e outros 3 parques reabrirão, sendo dois parques urbanos na capital paulista, os parques da Guarapiranga e e dois parques em cidades da região metropolitana, Gabriel Chucre e o Ecológico da Várzea em Embu Guaçu.

No total, chega a 14 o número de parques estaduais que podem funcionar. Desde o dia 13 de julho, outros 10 parques já tinham sido reabertos. Todos eles na região metropolitana da capital paulista.

Mas a abertura ainda é cercada de restrições. Os parques urbanos só abrem de segunda a sexta-feira, das 10h às 16h e o uso de máscaras é obrigatório. Nos parques ecológicos como os parques naturais Jaraguá e Cantareira e na unidade de conservação Caminhos do Mar, as visitas precisam ser agendas com 24 horas de antecedência.

E nos educativos como o Zoológico, o Zoo Safari e o Jardim Botânico além de abrir durante a semana, estão funcionando aos sábados, domingos e feriados, mas também com horário restrito, das 9h às 16h e com limitação de venda de 50% dos ingressos.

De acordo com o Plano São Paulo, que orienta as etapas de flexibilização da quarentena no estado, só podem ser reabertos os parques nas cidades que estejam na 3ª fase do plano, a fase amarela, em que a maioria das atividades pode ser retomada, mas ainda com restrições para o funcionamento.

Na cidade de São Paulo, além dos parques estaduais, outros 70 parques municipais já estão funcionando desde julho com restrições de horário e permanecendo fechados aos finais de semana.

Veja também