O governador do estado de São Paulo, João Doria, publicou na segunda-feira (16) um decreto no Diário Oficial estendendo a quarentena no estado até o dia 16 de dezembro. A medida é tomada após registros de aumento de internações pelo novo coronavírus.

O texto do decreto estabelece a suspensão de atividades não essenciais nos termos do decreto nº 64.879, publicado em março deste ano. “Considerando as recomendações do Centro de Contingência do Coronavirus, instituido pela resolução nº 27, de 13 de março de 2020, da Secretaria da Saúde; considerando a necessidade de conter a disseminação da covid-19 e garantir o adequado funcionamento dos serviços de saude a medida da quarentena é estendida até 16 de dezembro”, diz o documento.

Veja também

De acordo com o governo, o Plano São Paulo, que regula a retomada econômica em todo o estado, só passará por nova atualização no dia 30 novembro, um dia após o segundo turno das Eleições Municipais 2020. O adiamento se deve à instabilidade no sistema do Ministério da Saúde.

Aumento de internações

Os principais hospitais de São Paulo registram aumento no número de internações por covid-19 em novembro. O Hospital Israelita Albert Einstein informou que registrou, neste mês, um crescimento no número de hospitalizações por covid-19 e testes realizados. O Sírio Libanês afirma que as internações pela doença nos primeiros 14 dias do mês se comparam a abril deste ano e o hospital Oswaldo Cruz afirmou ter percebido uma leve alta nas internações.

Matéria completa R7