Por Sulivan Damasceno

Segue o impasse da greve na Viação Miraje, que opera no Município de São Roque, interior de SP nesta quarta feira (10). A empresa está operando apenas com 30% da frota, os 70% continuam parados na garagem, que fica no bairro Guaçu.

A paralisação foi iniciada pelo Sindicato dos Rodoviários de Sorocaba e região. Assim os funcionários da Miraje aderiram a paralisação.

Tudo porque a empresa mandou embora por justa causa quatro funcionários. Por conta disso, os funcionários da Miraje em conjunto com o sindicato aderiram a paralisação contra a empresa.

Os quatro funcionários teriam ajudado a provocar a paralisação da empresa. Tudo porque a empresa não pagou o que havia combinado a eles.

A Miraje informou que havia pagado o salário dos trabalhadores naquele dia. Entretanto, alguns não tinham recebido por conta da demora no sistema do banco.

Na terça (09) a Justiça do Trabalho de Campinas concedeu liminar ordenando a volta imediata de 80% da frota dos ônibus na empresa municipal. E ainda a decisão informa que se a ordem for descumprida, o Sindicato vai ter que arcar com R$ 50 mil por dia.

O sindicato informou que até então não foi notificado de forma oficial pela justiça, então a paralisação continua de 70% das linhas. E ainda afirmou que depois da notificação chegar ao sindicato, 80% da frota volta a circular.

Fonte – São Roque Notícias

Foto – Reprodução

Comentarios

Comentarios