Trabalho conjunto da Coordenadoria de Parques e Parcerias da Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente realiza, desde o início do ano, serviços de manutenção e jardinagem no complexo às margens do rio Pinheiros, que abriga os parques Villa-Lobos e Candido Portinari, na capital paulista.

Nos dois primeiros meses deste ano, a equipe de áreas verdes fez intervenções, principalmente corte de grama, em 508 mil metros quadrados de área, o equivalente a 61 campos de futebol. O investimento no bimestre foi de R$ 170,5 mil. As áreas próximas a banheiros, no bosque onde estão as casas de João de Barro, ciclovia, talude, quadras de vôlei de praia e tênis, além do entorno do campo de futebol, foram escolhidas como prioritárias para o recebimento da manutenção.

Foto reprodução

Foram feitos serviços na tubulação de caixa d´água; reposição de sifão e lâmpadas em banheiros; melhoria em sanitários com instalação de fechaduras e válvulas de descarga; remoção de pichação, além de pintura do letreiro da entrada principal. Em todo o espaço, 30 bebedouros foram pintados, houve manutenção nos telhados e aplicação de tinta com verniz nos quiosques.

A escultura do pintor Domenico Calabrone passou por impermeabilização. O investimento nas ações foi de R$ 23,8 mil. No ano passado, os parques Villa-Lobos e Candido Portinari receberam média diária de 17 mil e 13 mil visitantes, respectivamente. Os equipamentos possuem serviços terceirizados de vigilância patrimonial e contam com patrulhamento ostensivo da Polícia Militar.

Comentarios

Comentarios