Nove alunos que agrediram uma professora em Carapicuíba, na grande São Paulo, foram ouvidos nesta tarde na sede do Ministério Público da cidade, antes de seguirem para a vara da infância, que vai definir se eles vão para a Fundação Casa.

Um décimo estudante acusado de agressão ainda não foi localizado pela polícia.

Comentarios

Comentarios