O valor da tarifa do ônibus municipal passa de R$ 4,20 para R$ 4,35 a partir do próximo dia 10

Depois de Osasco e Barueri aumentarem o valor da tarifa do ônibus municipal,  de R$ 4,20 para R$ 4,35 (alta de 3,57%) Itapevi, Santana de Parnaíba e Carapicuíba, também irão aumentar suas tarifas nos próximos dias. Estes municípios fazem parte do Consórcio Intermunicipal da Região Oeste (Cioeste).

Em Carapicuíba, o prefeito Marcos Neves, assinou o  Decreto  Nº 4.790, DE 08 DE JANEIRO DE 2018, que autoriza o reajuste da tarifa por duas considerações:

1° O último aumento na tarifa foi realizado por meio do decreto nº 4.692, de 26 dezembro de 2016;

2° O aumento se faz necessário devido a necessidade de assegurar o equilíbrio econômico e financeiro no Município;

A nova tarifa começa a valer a partir da zero hora de quarta-feira, dia 10.

Diferença transporte em São Paulo X Carapicuíba

Em São Paulo, com o bilhete único você pode:

  • Até 4 viagens em 3 horas pagando 1 tarifa em até três horas (com bilhete comum) e até duas horas (Bilhete Único Vale-Transporte);
  • Se usar Metrô ou trem dentro das primeiras duas horas, você pagará a diferença para completar o valor da tarifa integrada;
  • Após as 22hs, mulheres e idosos podem desembarcar do onibus em locais mais seguros e acessíveis (em locais que obedeçam ao trajeto regular da linha e onde não seja proibida a parada de veículos);
Linha 8319 que liga Pq Continental ao Sesc Pompéia, uma das muitas linhas operantes na cidade de São Paulo (Foto/Reprodução)

Em Carapicuíba temos:

  • Um transporte público com o quilômetro rodado mais caro do país;
  • Baixa qualidade do transporte coletivo (em Carapicuíba é “comum” viajar ao lado de insetos e com manutenção a desejar);
  • Não há integração de ônibus com as estações da CPTM, muito menos com ônibus municipais/intermunicipais;
  • Dependendo da empresa, o coletivo não tem cobrador;
  • Os ônibus não cumprem o horário (frequentemente atrasam ou não respeitam os horários previsto no itinerário);
ETT Carapicuíba x Del Rey Transportes. Linhas operantes na cidade de Carapicuíba. (Foto: Haroldo Ferreira)

E, aí?! Será que essa alta na tarifa de 3,57% irá melhorar os serviços prestados, ou apenas ENRIQUECER OS EMPRESÁRIOS donos das frotas municipais?

Esse aumento acaba por inviabilizar o desenvolvimento financeiro da cidade. Muitos moradores, dependendo do bairro em que vive, precisam de até QUATRO  conduções (2 para ir e duas para voltar) para  chegar até o Shopping na Vila Dirce, em contrapartida utilizam APENAS DUAS (ida e volta) para ir aos shoppings de Osasco ou Tamboré.

Será que tem algo errado no valor da tarifa, em Carapicuíba?!