Estamos num período delicado no país, onde as pessoas estão mais seletivas na hora de gastar dinheiro, porém temos que conscientizar que poupar, não deve ser feito apenas em época de crise e sim sempre, principalmente quando temos um objetivo de adquirir um bem maior para o futuro, como um carro ou uma casa/apartamento, por exemplo.

Um dos maiores perigos é gastar mais do que se ganha. Por isso, vale a pena refletir se não anda gastando demais com coisas desnecessárias e ter foco, disciplina e força de vontade é essencial para quem tem um objetivo na vida, pensando no futuro.

Foto: reprodução internet

Pensando nisso, temos algumas dicas que ajudarão você a poupar e evitar gastos desnecessários.

  • Para começar é necessário quitar as dívidas, principalmente as do cartão de crédito evitando juros e multa.
  • Ganhou um bônus no trabalho ou algum dinheiro inesperado? Se estiver devendo, quite. Se estiver livre de dívidas, deixe o dinheiro a salvo na poupança.
  • Planeje e dê um bom destino consciente ao seu 13º salário.
  • Utilize o cartão de crédito apenas em casos de emergência e procure sempre pagar o valor total da fatura. Caso não consiga, fique alguns meses sem usá-lo até quitar totalmente a dívida.
  • Para quem mora com os pais, aproveite essa fase e guardar dinheiro, assim, futuramente poder investir na casa própria e com as despesas que terá quando isso ocorrer.
  • Inocentes despesas, como um cafezinho depois do almoço, sorvete, pipoca e lanche da tarde fazem uma grande diferença no seu orçamento. Algumas pessoas não percebem que os pequenos gastos do dia-a-dia muitas vezes, são os principais vilões do orçamento.
  • Guarde uma parte de seu salário apenas para emergências que possam surgir no decorrer do mês, assim você não fica no sufoco quando houver um imprevisto.
  • Compre medicamentos genéricos, eles são bem mais baratos. Além disso, procure pesquisar os preços em pelo menos 3 farmácias diferentes antes de comprar os remédios.
  • Se possível, vá ao cinema apenas nos dias em que a entrada está mais barata.
  • Frequente sebos. Você pode ter até 50% de desconto na compra de livros, gibis, cds e etc., comparados com os preços nas livrarias.
  • Não gaste por impulso, compre apenas roupas e sapatos se estiver mesmo precisando e não se deixe levar por promoções e liquidações de lojas. Reflita se aquela peça que está na promoção será mesmo usada ou ficará mofando no seu guarda roupa.
Foto: reprodução internet

Comentarios

Comentarios