O suspeito estava foragido desde março de 2015 e morava com uma irmã em Carapicuíba

No último dia 14/2, policiais militares prenderam um homem que era procurado por abusar sexualmente de crianças numa creche em Mogi Guaçu.

O suspeito, Anastácio Mendes de Moraes, 58 anos, estava foragido desde março de 2015. Ele teria violentado quatro crianças com idade entre 3 e 4 anos. Na época, o homem trabalhava em uma creche no Jardim Bandeirante, em Mogi Guaçu.

Os abusos teriam acontecido em um quartinho de ferramentas da escola. Anastácio foi exonerado, condenado e teve a prisão preventiva decretada, para aguardar o julgamento atrás das grades. Desde que foi denunciado, o acusado veio morar em Carapicuíba, na companhia de uma irmã que é freira.

A abordagem aconteceu durante patrulhamento da Força Tática da PM, pela Avenida Rui Barbosa, na Vila Santa Terezinha. No momento da abordagem, ele estava no pátio da creche municipal, no que os policiais classificaram como uma atitude “suspeita”. Ao checar os antecedentes dele, os policiais descobriram que era procurado da Justiça desde 2015.

Anastácio foi detido e encaminhado ao 1º DP de Carapicuíba. (Foto/Divulgação)

Em nota a Prefeitura de Carapicuíba disse que Anastácio nunca trabalhou na creche e que não era funcionário municipal. Ainda de acordo com a prefeitura, o homem de 58 anos prestava serviços para uma associação religiosa que fica ao lado da creche.

Anastácio foi detido e encaminhado ao 1º DP de Carapicuíba.

 

Fonte: Brasil Urgente